Pin It button on image hover
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

11 de dez de 2016

Uma visita na casa da vovó de antigamente

Olá!
Chega fim de ano, é o momento de reunir a família.
Para alguns, é a hora de ir para a casa da vovó e do vovô.
Talvez ir para a casa de férias da família, para a casa no sítio ou a casa de praia.

Hoje vamos viajar no tempo...

Vamos para o campo, vamos para a casa da vovó de antigamente, com direito a fogão de lenha
e galinhas no jardim. Um tempo onde tudo era mais lento e distante.

Um tempo em que...
as cartas eram escritas à mão...
Eram tão queridas e preciosas, 
que algumas eram guardas com muito carinho.




Lindas porcelanas, muitas delas pintadas à mão
decoravam a copa, ou sala de almoço ou jantar...
Ainda bem que esse costume não se perdeu.




Eu frequentei pouco a casa de minhas avós, que moravam longe, em sítios no sertão da Bahia e nossa família ficava longe, na capital de São Paulo. Meu sonho era ter uma fazenda para assim poder ter muitos bichos e ser veterinária.

No meus tempos de criança, ainda era possível brincar na rua.
Soltava pipa, corria muito brincando de pega-pega e esconde-esconde.
Subia em árvore, pois minha vizinha tinha um pé de goiaba branca, que eu adoro até hoje.
Deu saudade desse tempo antigo...


Ficar ao pé de uma grande árvore, poder subir até o galho mais alto, 
ou simplesmente fazer um balanço

via revistacasejardim


No final da tarde, era a hora do lanche...
café com leite, pão e margarina
e um bolo simples para adoçar



Era comum ir ao quintal buscar ovos frescos
também chamados de ovos caipiras
e então preparar bolos e pães.
huuumm... dá até para sentir o cheiro de bolo assando!



Como não tinha padaria ou mercado por perto
o jeito era literalmente colocar "a mão na massa"
Paciência e esforço...sempre



Ou ter sempre por perto 
bolachas e biscoitos
... latinhas antigas...



Tomar um cafezinho preto não era coisa de criança...
melhor tomar café com leite bem quentinho
em Canecas esmaltadas!



Esse conjunto de latas de mantimentos 
lembra bem as casas simples e antigas,
Casa de vovó!



Flores cultivadas no jardim
embelezavam a casa.
Adoro margaridas e rosas :)




Ficar à toa...
sentar lá no quintal e ouvir histórias...
brincar com terra... brincar na terra...
Queria envelhecer assim.



Todas as fotos foram encontradas via web, no pinterest...
um passeio virtual...

Fico pensando no que estamos perdendo com essa vida louca...
Esse mundo de telas brilhantes...
como esse passeio aqui!

Claro que não era uma vida fácil...
é bonita essa nostalgia...

Que tipo de memória teremos?
Que tipo de memória meu filho terá?

Sei que os tempos são outros...
mas ainda podemos resgatar momentos simples como esses.
Não é preciso ter muito dinheiro ou estar no campo necessariamente,
mas é preciso ter tempo, um verdadeiro luxo hoje em dia.

Precioso tempo,
para se fazer o que gosta, ficar com com você gosta,
ficar de bem com você mesmo, ficar à toa...
famoso ócio criativo!


até breve!
Mônica Teixeira

3 comentários:

  1. Nossa Monica que emoção, revivi minha infância, la nos idos do Rio de Janeiro que saudade destes tempos era assim mesmo. obrigada grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Momentos de nostalgia... Que bom que gostou. Estava lembrando de usar fita cassete kkk mudou tudo tão rápido! Um grande abraço Celia

      Excluir
  2. Aí como aqui (Portugal) a vida não era muito diferente no tempo das nossas avós! Também eu tenho recordações de infância muito parecidas: uma vida mais dura mas mais simples, mais saborosa, sem correrias!
    Feliz ano novo!

    ResponderExcluir