Pin It button on image hover

4 de set de 2019

Depressão x setembro Amarelo x estilo Casinha de Boneca

Que mistura esse título!!!

Eu explico a seguir...
- Como o instagram me ajudou a sair da depressão
- A importância da Campanha contra suícidios, Setembro Amarelo
- E o que é "estilo Casinha de Boneca"


casa de boneca de verdade




É preciso falar...

Setembro AMARELO, mês mundial de prevenção do suicídio


Desde 2015 setembro fica "amarelo" lembrando da necessidade de falar...
de conversar de forma acolhedora e sem críticas
e quem sabe poder ajudar a pessoa que perdeu o sentido de viver.


Coincidentemente, senti a necessidade de falar, dar meu depoimento aqui.
Ao ver as "insta amigas" cuidando do lar e da família, fiquei inspirada novamente.
Pode parecer bobagem, mas isso fez com que eu sentisse vontade de sair da cama.
Queria deixar minha casa mais inspiradora e quem sabe inspirar alguém também.

parte da minha coleção rosa @casinhadamonicat



Na internet só a "vida feliz" tem espaço.
Isso por um lado desmotiva muita gente. Por outro lado, cria conexões.
Foi o que aconteceu comigo. Fez com que não me sentisse só.

Problemas todo mundo tem. Não queria ficar me expondo e nem choramingando pelos cantos.
A vida estava longe de ser o ideal pretendido mas era preciso seguir em frente.
A vida de mãe e dona de casa é muito solitária as vezes
e compartilhar com as "insta vizinhas" amenizava a rotina


só fofuras nessa casa, uma das que me inspira
foto tusinha123


Certa vez vi um comentário, e me vi representada.
Era uma mulher elogiando a casa e o instagram de outra, e contando que isso criou motivação nela para superar a depressão e a deixar o seu lar tão lindo quanto.

E não se tratava de uma casa linda, luxuosa... era uma casinha simples que parecia uma casa de boneca e foi então que descobri que era isso que eu queria.

Não se trata de ostentar, e sim de compartilhar e criar conexões.


Um post que exemplifica bem o que quero dizer

Post sobre a casinha colorida com mais de três mil reações 
e 200 comentários. Foto/reprodução: facebook/clube da Alice


Estamos em uma época cheia de "Haters" que criticam tudo e todos.
Nos falta empatia

No facebook e whatsApp, eu arranjei foi confusão
por causa das eleições e por discordar do atual governo
Prefiro nem comentar aqui

Sobre o estilo Casa de Boneca...
diria que é uma variação da "casinha de vó" só que muito mais "fofa"
É como uma casa de boneca na vida real, só que para adultos!



A singela casa da D.Genoveva
foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Com certeza uma casa fora do Padrão!
Longe de ser a mais perfeita e linda casa
mas que demonstra muito cuidado e afeto


Por fim,
gostaria de encerrar lembrando que "não somos perfeitos"
Não tenha medo de se expor, não tenha medo de conversar e pedir ajuda.

Vamos praticar mais a escuta, se colocar no lugar do outro e respeitar as diferenças
Quem sabe isso diminua o crescente número de suicídios.

Se você quiser mais informações sobre a campanha Setembro Amarelo
acesse o site www.setembroamarelo.org.br
compartilhe nas redes sociais, vamos falar sobre isso


Se você leu até aqui, obrigado por me "ouvir" e por sua companhia!
Beijos
Mônica Teixeira



2 de set de 2019

Reaprender a sonhar

Reaprender a sonhar... 
Tirar projetos da gaveta
Retomar o blog... Desbloqueio criativo...
É preciso começar e recomeçar

Dia desses ouvi "Brincar de viver"  de Maria Bethânia, música já antiguinha, que fala da simplicidade ver viver e que as vezes precisamos relembrar.

Com tantos canais de interação e a correia da vida, foi me afastando desse espaço aqui, tão Querido e que quero retornar.

Trazer aqui o que me inspira e pode inspirar você.
😘 
Mônica Teixeira 



Minha representação de Ninho




@tuffievintage



Brincar de viver

Quem me chamou
Quem vai querer voltar pro ninho
Redescobrir seu lugar
Pra retornar e enfrentar o dia a dia
Reaprender a sonhar

Você verá que é mesmo assim
Que a história não tem fim
Continua sempre que você
Responde sim à sua imaginação

Você verá que a emoção começa agora 
Agora é brincar de viver
Não esquecer, ninguém é o centro do universo
Assim é maior o prazer

Você verá que é mesmo assim
Que a história não tem fim
Continua sempre que você
Responde sim à sua imaginação

A arte de sorrir cada vez que o mundo diz "não"

E eu desejo amar todos que eu cruzar pelo meu caminho
Como sou feliz, eu quero ver feliz
Quem andar comigo, vem

Lá lá lá lá lá

Brincar de viver de Maria Bethânia
Composição: Guilherme Arantes / John Lucien





11 de ago de 2017

Retorno com Novidades! Lojinha física Querido Refúgio!!!

Olá!
Há tempos venho ensaiando o que escrever e retomar o blog.
Muita saudade!

Tenho algo que gostaria muito de compartilhar aqui, com vocês...
Agora, finalmente... está aberta a lojinha física do Querido Refúgio!
Apenas para o pessoal de Castro, no interior do Paraná, mas logo o site retorna a atender todo o Brasil.
Vocês podem ter mais detalhe no instagram e no facebook, acompanhem!

Querido Refúgio agora com loja física!


Não é fácil montar um negócio aqui no Brasil, ainda mais com essa crise que vivemos. Mas justamente por isso que o aluguel baixou e foi possível concretizar esse sonho antigo.

É diferente ter as coisas expostas e o contato direto com as clientes e amigas.
A aceitação tem surpreendido, muita gente gostando e dizendo que vai indicar as amigas, a família...
Estou muito feliz e só tenho que agradecer o apoio que tenho recebido! Obrigado de coração!!!


Fachada do casarão - Antes

O local não é um ponto de muito movimento, mas fica bem perto do "fervo" como dizem aqui e também pertinho de casa. Uma amiga disse que na numerologia 42 (4+2=6) é o número do amor, fofo né @bellalanzillo

Sempre imaginei uma casinha, que fosse próximo do centro comercial mas num lugar mais calmo, um refúgio da correria e do barulho. Todo o projeto foi pensado para recriar uma casinha, típica do interior, casa de vovó de antigamente, uma casa de boneca, cheia de encanto e aconchego.

inspiração para a fachada
(não lembro a autoria)

Na fachada, não é autorizado trocar a cor. Eu teria que pintar o casarão todo...
Somente as portas e as molduras podem ser pintadas, desde que entregues na cor original, no caso de encerrar o contrato.

A placa ainda não foi feita, pois deve seguir as regras da prefeitura. Fica um banner por enquanto...
O jeito foi apelar para colocar cores chamativas em acessórios na fachada.
Em breve, termino de pintar as molduras, que receberam uma base branca e logo ficarão rosa!




A cerquinha ficará branca, seguindo a tradição.
A cortina de fitas de retalhos de algodão, remetem a tradicional chita, mas com cores mais suaves. Mamãe que costurou!
Na verdade, tudo só foi possível com a ajuda da minha mãe e minha irmã caçula Marisa, que colaborava com esse blog.... sempre ajudando mesmo distante, lá em São Paulo. Beijos! Te amo!

Minha mãe acabou entrando no projeto e deu a maior força ficando lá em casa, cuidando de tudo e do meu menino que estava de férias.. Vovó pintou, costurou, cuidou da casa, foi babá, cuidou dos bichos e das plantas...tudo! Mulher guerreira! Te amo mãe!

cortina que mamãe costurou, só amor!


Para economizar, reaproveitei móveis, tecidos e adesivos que tinha em casa.Vamos de  DIY!!!
Estava já planejando um bazar na garagem e tinha cestos, sacolas, maquininha de cartão, papel de presente...muita coisa.

pintura - Antes

pintura - Depois (planejando a disposição)


Pintei o salão, os móveis, alguns antigos e outros de mdf. Utilizei tinta esmalte a base de água.
Alguns móveis ainda precisam de retoque, e mais tinta. Em alguns o verniz que ficou por baixo acabou criando manchas amareladas, o certo era ter removido tudo antes, mas tomava muito tempo e fiquei um mês praticamente cuidando dos preparativos...então não sei se foi uma boa economia, mas meu custo foi muito baixo.

divisória de cano pvc e tnt


Por enquanto, fica uma divisória improvisada, feita de canos de pvc pintados de branco e cortina de tnt e o balcão que foi uma cômoda que recebeu uma espécie de corino na parte de trás (que agora é a frente!)



O armário recebeu tinta e papel de presente ( isso mesmo! combinava e eu usei)

(veja o "antes" no @queridorefugioblog)@queridorefugioblog )

Aos pouquinhos vou arrumando, substituindo...a ideia é economizar e
 "fazer o melhor, com aquilo que se tem!"
famoso dito...


A inauguração, é recente, foi sábado 05/082017.
Com direito a docinhos feito por Delices bolos e doces caseiros, um presente do marido!
E claro, Bexigas! chamando a atenção na fachada

inauguração é dia de festa!


A outra porta foi fechada com uma cerquinha, e recebeu na parte interna um cantinho para sentar e em breve tomar um cafezinho ou água, enquanto aguarda o pacote, junto ao balcão. Num futuro não muito distante, pretendo fechar com vidro e fazer vitrine.

vista de fora, parte externa

parte interno, cantinho de descanso e cafezinho


Depois quero ir atualizando o blog, com mais fotos e referências...
voltar aos queridos posts, trazer as novidades!
Tem muito trabalho e isso é animador!

Agora com o  meu bebê na escolinha,em período integral, posso voltar para os meus projetos!
Até queria ficar com ele em casa, na parte da manhã, mas ele está numa fase difícil de controlar, não consigo fazer muita coisa com ele por perto... Subestimei a maternidade, achei que conseguiria dar conta de tudo, mas no final quase fiquei louca e não conseguia mais fazer o que gostava.

é o jeito...

Acompanhe também meu ig @mteixeiramonica@mteixeiramonica/ e vamos ficar mais perto!

Meu bebê está com quase 2 aninhos!
Essa foto é do seu último dia de férias, em casa com sua amigas vovó e Nina, que adora ficar perto dele. Foto da vovó, que está ficando craque com o celular kkkk

Espero que tenham gostado!
tudo feito com amor, sempre
e tudo bem fofo, cute cute e rosa!

beijos pra você
Mônica Teixeira



11 de dez de 2016

Uma visita na casa da vovó de antigamente

Olá!
Chega fim de ano, é o momento de reunir a família.
Para alguns, é a hora de ir para a casa da vovó e do vovô.
Talvez ir para a casa de férias da família, para a casa no sítio ou a casa de praia.

Hoje vamos viajar no tempo...

Vamos para o campo, vamos para a casa da vovó de antigamente, com direito a fogão de lenha
e galinhas no jardim. Um tempo onde tudo era mais lento e distante.

Um tempo em que...
as cartas eram escritas à mão...
Eram tão queridas e preciosas, 
que algumas eram guardas com muito carinho.




Lindas porcelanas, muitas delas pintadas à mão
decoravam a copa, ou sala de almoço ou jantar...
Ainda bem que esse costume não se perdeu.




Eu frequentei pouco a casa de minhas avós, que moravam longe, em sítios no sertão da Bahia e nossa família ficava longe, na capital de São Paulo. Meu sonho era ter uma fazenda para assim poder ter muitos bichos e ser veterinária.

No meus tempos de criança, ainda era possível brincar na rua.
Soltava pipa, corria muito brincando de pega-pega e esconde-esconde.
Subia em árvore, pois minha vizinha tinha um pé de goiaba branca, que eu adoro até hoje.
Deu saudade desse tempo antigo...


Ficar ao pé de uma grande árvore, poder subir até o galho mais alto, 
ou simplesmente fazer um balanço

via revistacasejardim


No final da tarde, era a hora do lanche...
café com leite, pão e margarina
e um bolo simples para adoçar



Era comum ir ao quintal buscar ovos frescos
também chamados de ovos caipiras
e então preparar bolos e pães.
huuumm... dá até para sentir o cheiro de bolo assando!



Como não tinha padaria ou mercado por perto
o jeito era literalmente colocar "a mão na massa"
Paciência e esforço...sempre



Ou ter sempre por perto 
bolachas e biscoitos
... latinhas antigas...



Tomar um cafezinho preto não era coisa de criança...
melhor tomar café com leite bem quentinho
em Canecas esmaltadas!



Esse conjunto de latas de mantimentos 
lembra bem as casas simples e antigas,
Casa de vovó!



Flores cultivadas no jardim
embelezavam a casa.
Adoro margaridas e rosas :)




Ficar à toa...
sentar lá no quintal e ouvir histórias...
brincar com terra... brincar na terra...
Queria envelhecer assim.



Todas as fotos foram encontradas via web, no pinterest...
um passeio virtual...

Fico pensando no que estamos perdendo com essa vida louca...
Esse mundo de telas brilhantes...
como esse passeio aqui!

Claro que não era uma vida fácil...
é bonita essa nostalgia...

Que tipo de memória teremos?
Que tipo de memória meu filho terá?

Sei que os tempos são outros...
mas ainda podemos resgatar momentos simples como esses.
Não é preciso ter muito dinheiro ou estar no campo necessariamente,
mas é preciso ter tempo, um verdadeiro luxo hoje em dia.

Precioso tempo,
para se fazer o que gosta, ficar com com você gosta,
ficar de bem com você mesmo, ficar à toa...
famoso ócio criativo!


até breve!
Mônica Teixeira

5 de dez de 2016

Natal Rosa - divertido e delicado!

Olá!
Se você já está com sua decoração natalina pronta, parabéns!
Para quem ainda vai arrumar a casa para o Natal e quer fugir do padrão de decoração natalina, eis algumas ideias.

Fiquei pensando em como fugir dos símbolos de Natal, mas parece que não fica com cara de Natal.
Então... o melhor jeito seria usar o que é tradicional, mas mudar as cores e a forma de apresentar.
Elegi então a cor Rosa, que adoro mas você pode escolher a sua cor favorita.
Difícil é achar no mercado algo que fuja do padrão verde vermelho...
Dá-lhe tinta spray! Vale colagem com papel, tecidos, fitas, glitter o que você quiser e tiver à mão.



Que tal modificar a tradicional guirlanda?
Veja que linda este modelo em formato de coração!
Com um pedaço de arame, você pode criar a sua com os enfeites que já possui. 
Acrescente fitas e pérolas, muito brilho pois é festa! 


E que tal substituir também as bolas por outras formas, 
estrelas, bichinhos, doces, presentes e coração!
(eu não encontrei nada assim para comprar, talvez fosse o caso de fazer com isopor e glitter)


´
Para quem não quer árvores falsas, 
pode utilizar galhos secos.
Aí é só escolher se vai pintar ou deixar ao natural.




Você pode substituir a árvore de Natal 
por arranjos com as bolas natalinas.
Aproveite para utilizar itens que você já tem em casa,
vasos de vidro, porcelanas... 




Vale enfeitar a comida também, 
frutas, doces, sobremesas... 



Olhe que delicado esse arranjo 
todo em branco e rosa bem claro.
delicado, romântico e ainda festivo!



E não se esqueça de caprichar na iluminação!
Além das tradicionais luzinhas e pisca-pisca
use e abuse de velas, sempre com segurança.


E para finalizar, um papai noel.
Olha que gracinha esse Noel Rosa!

Quer coisa mais natalina?!


Eu não sou fã, mas agora que tenho uma criança em casa
não vou destruir essa tradição...

e como não poderia falar
um presépio



O importante é entrar no clima festivo e de confraternidade, 
só para lembrar que apesar de tudo e de todos
o mais valioso é o Amor, por mais clichê que possa parecer.

Apesar da correria é importante nos dar uma pausa
para descansar e refletir... 
não ficar lamentando o que passou,
e sim, se preparar para o que você pode fazer.
Virar a página
Que venha 2017!

Boas festas!
beijos
Mônica Teixeira